Jornal Nova Geração

A Polícia Civil de Estrela efetuou a prisão preventiva de um homem, de 59 anos, por estupro de vulnerável. A vítima, hoje com 14 anos, era abusada desde os 7 anos de idade na casa do acusado.

Conforme o delegado Juliano Stobbe, o homem prestava serviço para a mãe da menina, que se suicidou em 1º de janeiro deste ano. Com isso, a jovem foi encaminhada a um lar temporário de Estrela. No local, ela relatou todos os abusos sexuais que ocorreram. Após diversas ações feitas durante o inquérito policial, inclusive avaliação psicológica da vítima, foi decretada a prisão preventiva do investigado.

O inquérito foi remetido ao Poder Judiciário com indiciamento pelo crime de estupro de vulnerável. Essa é a oitava prisão por estupro de vulnerável em Estrela, neste ano.

Compartilhar conteúdo