Jornal Nova Geração

Reputação internacional

Projeto pretende fortalecer relações comerciais entre Estrela e outros países

“Nossa Estrela pelo mundo” tem o intuito de trocar informações e firmar acordos de cooperação técnica

Publicado dia 19 de novembro de 2021
191121_LARISSA SANTOS_INTERNACIONALIZAÇÃO

A 7ª Estrela Multifeira já passou, mas as sementes plantadas durante o evento começam a ser colhidas. Uma delas é o projeto de internacionalização “Nossa Estrela pelo mundo”, que consiste no mapeamento de todas as cidades do mundo com relações de compra e venda com a cidade. A parceria entre o governo municipal e uma empresa de consultoria busca firmar acordos de cooperação técnica para apresentar Estrela a outros países.

O projeto foi desenvolvido em duas etapas: a de diagnóstico e a de consolidação das relações exteriores. Conforme o sócio-diretor da empresa de consultoria Roedel Intl Advisor, Cezar Roedel, os estudos iniciais apontaram que Estrela possui uma balança comercial diversificada e com intensidade tecnológica. “O município fica apto para assumir uma identidade internacional, com possibilidade de intercâmbio tecnológico, atração de investimentos e participação em editais internacionais”, explica.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento, Inovação e Sustentabilidade, Rodrigo Kich, a pesquisa também mostrou que a tradição cultural e folclórica do município pode atrair turistas estrangeiros, a partir da assessoria internacional especializada. “Além disso, o Porto de Estrela possui um forte apelo aos investidores internacionais, uma vez que integra hidrovia, importante para escoamento a outros países, como o Uruguai, por exemplo. Outra questão importante é a mão-de-obra qualificada, que facilita as interações internacionais”, pontua.

A segunda etapa do “Nossa Estrela pelo mundo” iniciou com o lançamento do programa, na Multifeira, na sexta-feira, 5. O diagnóstico possibilitou a criação de um Perfil Internacional, que está focado em três idiomas: português, inglês e espanhol.

Segundo Kich, um documento será enviado para as futuras cidades parceiras de Estrela, bem como aos organismos internacionais, uma vez que um dos objetivos do projeto é a prospecção de recursos internacionais não reembolsáveis, para eventuais ações com adesão. “A assessoria internacional que o município contratou já está em contato com outras autoridades diplomáticas, para averiguar novas oportunidades”, afirma.

Reputação internacional

Conforme o secretário, a interação internacional das cidades deve ser pensada estrategicamente. Desta forma, Estrela poderá criar uma reputação internacional. “Para a maioria dos prefeitos gaúchos, o tema ainda é uma novidade. Em que pese, outros Estados já possuem cidades internacionalizadas. Os princípios da nossa administração exigem, por exemplo, a publicidade. É a partir daí que surge a necessidade de profissionalizarmos o processo, pelos padrões mundiais”, destaca.

Argentina, Uruguai e Paraguai já estão em contato com Estrela, com o objetivo de ampliar a troca de informações sobre tecnologia e relações comerciais. “O Paraguai mencionou um interesse muito grande do país, que é o segundo maior comprador do município de Estrela, em prospectar a potencialidade do município para possível implantação de uma Câmara de Comércio, bem como uma agenda futura com a visita do Embaixador paraguaio no Brasil. É assim que vamos conseguir colocar o Vale do Taquari no mapa de muitos países por aí”, ressalta o secretário municipal.

Tabela de países DE maior relação com Estrela (Reprodução)
Compartilhar conteúdo