Jornal Nova Geração

COVID-19

Vacinação da segunda dose ocorre neste sábado

Até o momento, o número de pessoas que completaram o esquema vacinal chegou em 13.899, o que já representa mais de 51% da população

Publicado dia 10 de setembro de 2021
(Foto: Rodrigo Angeli/Prefeitura de Estrela)

Mais uma etapa de vacinação contra a covid-19 ocorre neste sábado, 11, no Parque Princesa do Vale, em Estrela. Até o momento, o número de pessoas que completaram o esquema vacinal chegou em 13.899, o que já representa mais de 51% da população.

Poderão ir ao parque todos aqueles que têm esta data em sua carteira de vacinação, cedida por ocasião da primeira vacina, como também aqueles que seguem em atraso. Não será realizada antecipação. O horário de aplicação é das 8h às 12h, e é preciso utilizar a máscara, portar algum documento oficial com CPF e a carteira de vacinação. O formato para a vacinação é drive thru e a pé.

O Lions segue seu trabalho voluntário no cadastramento com a campanha de arrecadação de roupas e alimentos. Na próxima semana estão inicialmente agendadas etapas pontuais da D2 para terça-feira, 15, quinta, 16, e sexta, 17. Mais informações pelo WhatsApp 99127-9045.

Baixa procura pela primeira dose

Ainda nesta sexta-feira, 10, a imunização foi exclusiva para a primeira dose (D1) para pessoas com 18 anos ou mais. Cerca de 200 pessoas compareceram, em movimento abaixo do esperado, e a Equipe de Saúde não descarta adotar novas medidas. Com isso, Estrela soma 23.830 cidadãos com a D1, aproximadamente 88% do público-alvo, hoje estimado em 26,9 mil pessoas com 18 anos ou mais, incluindo os adolescentes entre 12 e 17 anos que possuem comorbidades.

O percentual, principalmente dos mais jovens, ficou abaixo da expectativa, considerando que Estrela ainda teria, segundo estimativas do Governo Estadual, cerca de 3,1 mil pessoas para receberem a D1. A equipe de Saúde de Estrela trabalha com algumas hipóteses para justificar isso: o número foi superestimado; ou muitas pessoas foram vacinadas em outros municípios, em razão de local de serviço e demais situações; ou não há mais um interesse por parte das mesmas pela imunização. Assim, a pasta não descarta não realizar mais, ao menos momentaneamente, as etapas abertas e exclusivas a esta faixa etária, e passar a concentrar as ações nas diversas sessões de D2 que ainda estão por ocorrer; como também na aplicação da D1 ao novo público: 12 a 17 anos, sem comorbidades, o que deve ocorrer a partir do dia 15; além dos futuros possíveis reforços para as pessoas de mais idade.

Compartilhar conteúdo